6 Lições Do Magazine Luiza Para Tua Loja Virtual

28 Apr 2019 15:45
Tags

Back to list of posts

<h1>6 Li&ccedil;&otilde;es Do Magazine Luiza Para Tua Loja Virtual</h1>

<p>Gurus de gest&atilde;o e estrat&eacute;gia de o mundo todo aplaudem de p&eacute; a varejista brasileira de postagens eletr&ocirc;nicos, m&oacute;veis e artigos para casa Magazine Luiza. E n&atilde;o &eacute; &agrave; toa. E tamb&eacute;m captar os desejos das classes emergentes brasileiras como poucos, a rede foi capaz de transferir pro local online toda a tua a know-how de inova&ccedil;&atilde;o no mundo offline.</p>

<p>Fundada em 1957, como uma loja de presentes no interior de S&atilde;o Paulo, a rede obteve destaque depois que Luiza Helena Trajano Rodrigues se tornou presidente. 1 bilh&atilde;o em receita para a marca. Tabela De V&iacute;deos E Cap&iacute;tulos Da Turma Da M&ocirc;nica foi uma das primeiras empresas do varejo brasileiro a perceber o potencial do e-commerce.</p>

<p>A corpora&ccedil;&atilde;o iniciou tua opera&ccedil;&atilde;o online em 1992, quando a internet no estado era privil&eacute;gio pra poucos. Assim, acumulou experi&ecirc;ncia e aprendeu a averiguar bem o canal antes dos concorrentes. Qual &eacute; A Defini&ccedil;&atilde;o Marketing Digital ? -commerce do Magazine Luiza come&ccedil;ou como uma esp&eacute;cie de terminal multim&iacute;dia. The Sun Publica Fotos De Harry Nu Em Nome Do Interesse Geral funcion&aacute;rio da organiza&ccedil;&atilde;o se sentava perto aos fregu&ecirc;ses e acompanhava a navega&ccedil;&atilde;o. Os pontos onde ficavam estes terminais acabaram se tornando centros sociais de servi&ccedil;os de suporte &agrave; comunidade ambiente, onde assim como eram oferecidas algumas atividades, como aulas de culin&aacute;ria ou de computa&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>A fidelidade dos clientes aumentou ap&oacute;s a iniciativa. &Eacute; pol&iacute;tica da companhia ter canais pra que cada funcion&aacute;rio compartilhe suas ideias pra melhorar o website ou os servi&ccedil;os online. Pra proteger o cliente a perder o pavor do e-commerce, o Magazine Luiza decidiu humanizar o atendimento desenvolvendo uma vendedora virtual batizada de “Lu” (essa simp&aacute;tica crian&ccedil;a abaixo).</p>
<ul>

<li>Integra&ccedil;&atilde;o com marketplaces</li>

<li>quatro - Promova a integra&ccedil;&atilde;o</li>

<li><i>Campanhas digitais: erre,</i> ajuste, acerte</li>

<li>Programada e Vers&aacute;til: Uma mala de at&eacute; vinte e tr&ecirc;s kg</li>

<li>A franquia MAC &eacute; uma das franquias de sucesso? &Eacute; uma das mais perfeitas franquias</li>

<li>Comprar as roupas em tamanhos diferentes, atendendo a todos os p&uacute;blicos</li>

</ul>

<p>A partir de videos, podcasts e at&eacute; tweets, a Lu se comunica e interage com os consumidores, tirando perguntas e fazendo sugest&otilde;es. &Eacute; como se ela fosse uma “amiga” do cliente. H&aacute; um pouco mais de um ano, a empresa tamb&eacute;m decidiu usar as m&iacute;dias sociais como canal de vendas. A ideia foi criar alguma coisa igual com uma franquia virtual e permitir que cada pessoa tivesse tua pr&oacute;pria loja online na m&iacute;dia social (Facebook ou Orkut), comercializando para os amigos e pra “os amigos dos amigos”. O Que &eacute;? uma pessoa compra alguma coisa rodovia p&aacute;gina da rede social, o criador desta p&aacute;gina ganha uma comiss&atilde;o.</p>

<p>O Magazine Luiza toma conta de processar o pagamento e fazer a entrega. A meta era comparecer a dez 1 mil divulgadores em um ano, contudo o padr&atilde;o deu t&atilde;o certo que, em s&oacute; duas semanas, a empresa chegou a 20 mil. Site, contas no Twitter, Facebook e por a&iacute; vai.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License